Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Artigos de luxo: Camisas de futebol alcançam preços elevados e estimulam alternativas no mercado

Imagem: Reprodução lojas oficiais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O mercado de camisas de futebol, peça essencial para qualquer apaixonado pelo esporte, tem testemunhado um aumento significativo nos preços. No entanto, esta realidade tem impulsionado a busca por opções mais acessíveis e inspirado alternativas no mercado.

Por que as Camisas de Futebol São Tão Caras?

O preço elevado das camisas oficiais dos times, que variam entre R$ 209 e R$ 370 para o modelo de torcedor, tem várias justificativas. Primeiramente, os impostos, que podem chegar a 35% do valor das peças em alguns Estados, têm um papel significativo nesse cenário. Além disso, os custos de logística e produção, juntamente com as medidas de combate à pirataria, também contribuem para elevar os preços. Adicionalmente, a tecnologia empregada na confecção das camisas, mesmo para os modelos de ‘torcedor’, é uma consideração importante, garantindo que a qualidade seja similar às camisas de jogo.

O Papel dos Clubes e das Fornecedoras de Material Esportivo

Os clubes recebem uma parte do valor das camisas vendidas, conhecida como royalties, que varia entre 10% e 15% do valor total. Este modelo de licenciamento representa uma fonte significativa de receita para os clubes, contribuindo para financiar suas operações. No entanto, a decisão de optar por uma marca própria ou por uma fornecedora internacional também é influenciada por diversos fatores, como histórico do clube, tamanho da torcida e potencial de vendas.

Alternativas e Estratégias de Mercado

Diante dos altos preços das camisas oficiais, algumas fornecedoras têm oferecido alternativas mais acessíveis, como os modelos ‘Fan Jersey’, inspirados nas camisas de jogo, porém mais econômicos. Estes modelos têm sido adotados por clubes como Inter e Flamengo, oferecendo uma opção mais acessível para os torcedores.

Além disso, três clubes da Série A do Brasileiro — Juventude, Atlético-GO e Bahia — optaram por produzir suas próprias camisas, o que lhes oferece maior controle sobre o processo de produção e uma margem de lucro mais atrativa.

O Papel das Fornecedoras no Mercado

As principais fornecedoras de material esportivo para os clubes da Série A são a Adidas, Umbro e Volt Sports. Cada uma dessas marcas tem uma estratégia única para precificar suas camisas, levando em consideração uma série de fatores, como material utilizado, tecnologia empregada e estratégias de marketing.

O mercado de camisas de futebol no Brasil continua a evoluir, com os clubes e as fornecedoras buscando maneiras de atender às demandas dos torcedores e garantir um equilíbrio entre preço e qualidade.

Imagem: Reprodução

Fonte: Uol

Últimas Notícias
Últimas Notícias