Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Beyoncé revela luta contra a psoríase: Entenda a doença que afeta a cantora e outros 125 milhões no mundo

crédito: AFP / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / KEVIN WINTER
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Especialistas explicam sintomas, causas e tratamentos da condição crônica que impacta milhões em todo o mundo

No domingo (18), uma entrevista publicada revelou um lado pessoal da superstar Beyoncé: sua batalha contra a psoríase, uma doença crônica que afeta a pele e, no caso da cantora, o couro cabeludo. A condição, conhecida como psoríase capilar, foi detalhada por Beyoncé em um diálogo franco com a revista Essence, onde compartilhou sua jornada desde a infância, marcada por tratamentos e cuidados especiais.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) define a psoríase como uma doença de pele relativamente comum, não contagiosa e cíclica, ou seja, com sintomas que aparecem e desaparecem ao longo do tempo. Estima-se que cerca de 3% da população mundial seja afetada por essa condição, o que representa aproximadamente 125 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, são 5 milhões de brasileiros impactados por essa condição.

Entenda a Psoríase: O que é a doença?

A psoríase é uma condição crônica da pele caracterizada por placas avermelhadas e descamativas, conforme explica a dermatologista Michele Kreuz. Essas placas podem surgir em várias partes do corpo, incluindo cotovelos, joelhos, couro cabeludo e região lombar. Além do impacto físico, a doença pode causar desconforto, coceira intensa e até mesmo dor, afetando a qualidade de vida e o bem-estar emocional dos pacientes.

Manifestações da Psoríase no Couro Cabeludo

No caso de Beyoncé, a psoríase afeta diretamente o couro cabeludo, resultando em sintomas como descamação, coceira, vermelhidão e possivelmente perda de cabelo em áreas afetadas. Essas manifestações podem se tornar visíveis quando as escamas se acumulam, causando desconforto estético e emocional para quem enfrenta essa condição.

Causas e Diagnóstico

As causas exatas da psoríase ainda não são completamente compreendidas, mas fatores genéticos, imunológicos, ambientais, estresse, infecções, certos medicamentos e lesões na pele podem desencadear ou piorar os sintomas, segundo Giovanna Kobal. O diagnóstico é feito pelo dermatologista através de exame físico e, em alguns casos, biópsia de pele para confirmação.

Tratamentos Personalizados

O tratamento da psoríase é individualizado para cada paciente, dependendo da gravidade das lesões e da resposta aos tratamentos. Em casos leves, são indicados emolientes e corticoides tópicos, enquanto opções como fototerapia e imunossupressores são consideradas para casos mais graves. No caso das lesões no couro cabeludo, shampoos com ativos específicos podem ser recomendados. A psoríase muitas vezes requer um tratamento multidisciplinar, com acompanhamento psiquiátrico e reumatológico, especialmente se houver desenvolvimento de artrite psoriásica.

A revelação de Beyoncé trouxe à tona não apenas sua própria jornada, mas também uma conscientização maior sobre a psoríase, uma condição que afeta milhões em todo o mundo. Com mais compreensão e tratamentos adequados, espera-se melhorar a qualidade de vida daqueles que enfrentam essa condição dermatológica desafiadora.

Foto: Reprodução/ Instagram

Fonte: CNN Brasil

Últimas Notícias
Últimas Notícias