Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Cachorro morre após falha em transporte aéreo; pet foi levado para Ceará em vez de Mato Grosso

Foto: Reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Tutor do cachorro Joca, João Fantazzini, voltou para SP para receber o animal e o encontrou já sem vida. Família acusa empresa de negligência, mas aérea diz que pet recebeu cuidados e que morreu ao chegar a aeroporto.

Um trágico incidente envolvendo o transporte aéreo de um cachorro de estimação abalou a família de João Fantazzini nesta segunda-feira (22). O pet, um golden retriever chamado Joca, deveria ser transportado do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, para Sinop, no Mato Grosso, porém, devido a um erro operacional, acabou sendo encaminhado para Fortaleza, no Ceará. O animal foi devolvido a Guarulhos, onde, ao ser encontrado pelo tutor, já estava sem vida.

Segundo relatos, o tutor do animal foi informado pela equipe da Gollog, empresa responsável pelo transporte, que Joca havia sido encaminhado para o destino equivocado. Desesperado, João Fantazzini retornou a São Paulo para encontrar seu amado pet, apenas para descobrir que ele não sobrevivera à jornada.

O tutor afirma que o veterinário havia dado um atestado garantindo que o animal suportaria uma viagem de até duas horas e meia, mas devido ao erro, Joca permaneceu quase oito horas dentro do avião. A família acusa a empresa de negligência, relatando que o cachorro não recebeu os cuidados necessários durante o transporte.

A Gol, por sua vez, declara que acompanhou o animal durante todo o trajeto e que sua morte ocorreu inesperadamente logo após o pouso em Guarulhos. A empresa está investigando o incidente e oferecendo suporte à família.

Veja a nota oficial da Gol:

“A GOL lamenta profundamente o ocorrido com o cão Joca e se solidariza com a dor do seu tutor. A Companhia informa que o cão Joca deveria ter seguido para Sinop (OPS), no voo 1480 do dia 22/04, a partir de Guarulhos (GRU), porém, por uma falha operacional o animal foi embarcado em um voo para Fortaleza (FOR).

Assim que o tutor chegou em Sinop, foi notificado sobre o ocorrido e sua escolha foi voltar para Guarulhos (GRU) para reencontrar o Joca.

A equipe da GOLLOG na capital cearense desembarcou o Joca e se encarregou de cuidar dele até o embarque no voo 1527 de volta para Guarulhos (GRU). Neste período, foram enviados para o tutor registros do Joca sendo acomodado de volta na aeronave. Infelizmente, logo após o pouso do voo no aeroporto de Guarulhos (GRU), vindo de Fortaleza, fomos surpreendidos pelo falecimento do animal.

A Companhia está oferecendo todo o suporte necessário ao tutor e a apuração dos detalhes do ocorrido está sendo conduzida com prioridade total pelo nosso time. Nos solidarizamos com o sofrimento do tutor do Joca. Entendemos a sua dor e lamentamos profundamente a perda do seu animal de estimação.”

Foto: Reprodução

Últimas Notícias
Últimas Notícias