Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Compadre Washington recebe alta após cirurgia de apendicite

Foto: Reprodução Instagram/compadrewashington / Estadão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Cantor do É o Tchan foi internado na sexta-feira (29) e passou por procedimento sem complicações

O cantor Compadre Washington, 61 anos, recebeu alta hospitalar neste sábado (30), após passar por uma cirurgia de retirada do apêndice.

O artista foi internado na madrugada da última sexta-feira (29), após desconforto na região do abdome, e teve diagnóstico de apendicite aguda. Washington estava no Hospital MaterDei, em Salvador (BA).

Em nota, o hospital comunicou que a cirurgia do cantor foi um sucesso e que seu estado clínico é estável, possibilitando seu retorno para casa, com acompanhamento ambulatorial e repouso.

“(Washington) Foi submetido a uma apendicectomia por videolaparoscopia – retirada do apêndice – ainda na sexta-feira. O procedimento transcorreu sem intercorrências no período e com boa recuperação após a cirurgia, de modo que há condições para alta hospitalar”, diz o texto.

Em vídeo publicado no Instagram, logo após a cirurgia, Washington informou aos seguidores que estava bem e agradeceu pelas preces enviadas. Neste sábado, ele publicou um novo vídeo informando sobre a alta, e agradeceu aos funcionários e médicos do hospital.

Nas redes sociais, o É o Tchan informou que manterá a agenda de shows marcados apenas com a dupla de Washington, o cantor Beto Jamaica.

Washington já havia ficado internado em outra ocasião neste ano. Em junho, ele passou oito dias hospitalizado após uma crise hipertensiva.

Apendicite

A apendicite é uma inflamação do apêndice, um pequeno órgão em forma de dedo que se projeta do intestino grosso. Ela é uma das causas mais comuns de cirurgia abdominal de emergência.

Os sintomas da apendicite incluem dor abdominal, náusea, vômito e febre. Em casos graves, a apendicite pode levar a uma ruptura do apêndice, o que pode causar peritonite, uma infecção grave que pode ser fatal.

O tratamento da apendicite é cirúrgico, com a remoção do apêndice. A cirurgia geralmente é realizada por laparoscopia, um procedimento minimamente invasivo que é realizado através de pequenas incisões no abdome.

crédito: Reprodução/Instagram @compadrewashington

Últimas Notícias
Últimas Notícias