Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Ed Ribeiro apresenta obras em Paris na mostra “Ecos dos Orixás”

Fotos: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Exposição destaca a influência cultural das heranças africanas, indígenas e europeias na arte brasileira durante a abertura dos Jogos Olímpicos.

O renomado artista plástico baiano Ed Ribeiro levará suas obras para Paris, onde apresentará a exposição “Ecos dos Orixás”. Produzida por Foteini Foteinaki, a mostra gratuita ocorrerá entre os dias 10 e 24 de junho na Galeria 59 Rivoli, aproveitando o período de abertura dos Jogos Olímpicos.

Conhecido internacionalmente como o “Pintor dos Orixás”, Ed Ribeiro é famoso por sua técnica inovadora de “derramamento de tinta”. A exposição pretende explorar o elo cultural entre as heranças brasileiras de origem africana, indígena e europeia. Ribeiro exibirá dez de suas obras, e o evento contará também com a participação da fotógrafa Stéphane Munnier, do músico Altay Veloso e do arquiteto e cenógrafo brasileiro Humberto Macedo.

Ed Ribeiro expressou sua emoção em exibir suas obras em um momento tão significativo para Paris. “Consegui o melhor lugar, na melhor época, que é a pré-Olimpíadas, onde o mundo está com seus olhos voltados para a capital da França. A emoção que sinto é tamanha, que às vezes acredito não ser real expor neste lugar histórico, que conheci em 2010, e que recebe milhares de pessoas ao longo do dia”, afirmou o artista.

Fotos: Divulgação

Curadoria e Temática da Exposição

Sob a curadoria do cientista Paulo Rufino, a mostra “Ecos dos Orixás” visa promover respeito e compreensão sobre as influências culturais, especialmente a africana, na formação social da América Latina. Rufino explicou a motivação por trás da escolha de Paris para o evento. “Nosso intuito é esclarecer, por meio do diálogo artístico, conceitos que perpetuam até os dias atuais, sobretudo o racismo religioso. Tudo isso acontecendo em uma cidade tão rica em cultura como Paris, na charmosa Galeria 59 Rivoli”, relatou Rufino.

Rufino destacou a sensibilidade espiritual de Ed Ribeiro e a profundidade da exposição. “Conheci o Ed Ribeiro por meio de uma amizade em comum, em 2017. Desde então, somos amigos. Ele é um artista muito sensível, com uma sensibilidade nascida da espiritualidade. Idealizamos juntos o ‘Ecos dos Orixás’, construindo toda a composição das religiões que formam o nosso país, partindo de Xangô e Ogum, divindades de matriz africana, até os santos católicos, abraçando o sincretismo religioso e a espiritualidade dos povos originários”, afirmou Rufino.

Fotos: Divulgação

Programação do Evento

Além das exposições, o evento incluirá debates com profissionais de destaque, como a professora Samille Possidonio, a psicóloga clínica Valéria Sardenberg e o diplomata Julio Cesa Cesano. A mostra também marcará o lançamento em francês do livro “Glorya y Tormento” de Jorge Jury, ilustrado por Ed Ribeiro, que narra a história do jogador negro que marcou o primeiro gol nos Jogos Olímpicos de Paris em 1924.

Após sua passagem por Paris, a exposição “Ecos dos Orixás” seguirá para Portugal, onde estará em exibição de 13 de julho a 30 de agosto. O evento encerrará sua agenda no Brasil, em Niterói, no Rio de Janeiro, de 3 de agosto até 28 de setembro.

Fotos: Divulgação

Últimas Notícias
Últimas Notícias