Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Eduardo Vasconcelos, ex-aluno de escola pública com bolsa em Harvard cria projeto contra violência nas escolas

Foto: Arquivo pessoal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Eduardo Vasconcelos, 20 anos, é um ex-aluno de escola pública que ganhou uma bolsa integral para estudar em Harvard. Ele também é o cofundador do Projeto Líderes pela Paz, uma iniciativa que visa combater a violência nas escolas brasileiras.

Eduardo nasceu e cresceu no Distrito Federal. Ele estudou em escolas públicas e sempre se interessou por política e educação. Depois de se formar no ensino médio, ele foi aceito em Harvard, onde está estudando Gestão Pública e Economia.

Em 2022, Eduardo e suas irmãs gêmeas Isabela e Eduarda Rodrigues fundaram o Projeto Líderes pela Paz. O projeto é realizado em parceria com a Secretaria de Educação do Distrito Federal e visa capacitar jovens para se tornarem líderes pela paz em suas escolas.

O projeto oferece uma série de atividades para os jovens, incluindo workshops sobre resolução de conflitos, mediação e comunicação não violenta. Os jovens também têm a oportunidade de participar de campanhas de conscientização sobre violência e bullying.

Em apenas um ano, o Projeto Líderes pela Paz já impactou mais de 500 jovens em escolas públicas do Distrito Federal. O projeto também recebeu o Prêmio Luz na Educação, realizado pela Globo.

Eduardo Vasconcelos é um jovem inspirador que está usando sua educação e experiência para fazer a diferença no mundo. Ele é um exemplo de como os jovens podem ser agentes de mudança e um modelo para outros jovens que desejam fazer a diferença.

Além do Projeto Líderes pela Paz, Eduardo também é um dos jovens presidindo a Conferência Brasileira em Harvard e MIT. Ele também está entre as lideranças que fazem parte da Associação de Harvard para Cultivar a Democracia Interamericana (HACIA).

Eduardo ainda não tem certeza do que quer fazer no futuro, mas sabe que quer continuar trabalhando em políticas públicas. Ele está empolgado com a possibilidade de usar sua educação e experiência para ajudar a criar um mundo mais pacífico e justo.

Eduardo e as gêmeas Isabella e Eduarda nos bastidores do Prêmio LED

Foto: Arquivo Pessoal

Últimas Notícias
Últimas Notícias