Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Encerramento histórico: Greve dos atores de Hollywood concluído após quase 4 meses

Foto: Reuters/Mario Anzuoni
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Representantes do SAG-AFTRA chegam a acordo que põe fim à greve mais longa da história de Hollywood; Veja os detalhes

Após quase quatro meses de paralisação, a greve dos atores de Hollywood finalmente chegou ao fim. A decisão foi oficializada na madrugada de quinta-feira, 9 de novembro, marcando o término da greve mais prolongada na história da indústria cinematográfica e televisiva.

O presidente do sindicato, Fran Drescher, conhecido por seu papel na série de TV “The Nanny”, chamou o acordo temporário de “histórico”. Os estúdios, por sua vez, afirmaram que isso representa um “novo paradigma” para Hollywood, para a TV e para os próprios atores.

A greve, que teve início em 13 de julho deste ano, foi encerrada às 0h01 do horário de Los Angeles, ou 5h01 de Brasília, na transição de quarta para quinta-feira.

De acordo com a revista americana Variety, o acordo implica em aumentos salariais de 7% para os atores, superando o previamente planejado nas negociações entre a AMPTP e os sindicatos de diretores e rotiristas. Além disso, inclui disposições legais para proteger os artistas contra o uso de suas imagens por meio de inteligência artificial.

Os termos do acordo ainda precisam ser ratificados pelos sindicalistas antes de entrarem em vigor, e os detalhes completos serão divulgados na sexta-feira (10), após a votação do conselho nacional.

Essa foi a primeira vez em 63 anos que atores e roteiristas interromperam suas atividades simultaneamente. O Writers Guild of America (WGA) está em greve desde 2 de maio, marcando a maior paralisação da categoria desde 2007, excluindo aquelas causadas pela pandemia de Covid-19.

Foto: Getty Images

Últimas Notícias
Últimas Notícias