Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Espaçonave Starliner da Boeing realiza primeiro lançamento tripulado

Imagem: NASA/Joel Kowsky
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Veículo espacial decolou dos Estados Unidos nesta quarta-feira (5) levando dois astronautas da Nasa à Estação Espacial Internacional

Nesta quarta-feira (5), a espaçonave Starliner, desenvolvida pela Boeing, realizou seu primeiro lançamento tripulado, partindo da Estação da Força Espacial de Cabo Canaveral, na Flórida. A decolagem ocorreu por volta das 12h (horário de Brasília), utilizando um foguete Atlas V da United Launch Alliance (ULA).

Missão Tripulada e Testes Cruciais

A Starliner transporta dois astronautas da Nasa, Butch Wilmore e Suni Williams, para uma estadia de aproximadamente uma semana na Estação Espacial Internacional (ISS). Durante a missão, denominada Crew Flight Test (Teste de Voo Tripulado), os astronautas realizarão diversos testes na Starliner para finalizar sua certificação pela Nasa. Esta certificação é essencial para integrar a espaçonave ao Programa Comercial de Tripulação da agência, que planeja voos tripulados regulares até a ISS usando este veículo.

Objetivos e Importância do Lançamento

O sucesso deste lançamento marca um passo significativo nos esforços da Boeing para desenvolver uma espaçonave capaz de competir com a cápsula Crew Dragon da SpaceX. A iniciativa faz parte do Programa Comercial de Tripulação da Nasa, que visa aumentar a colaboração com parceiros da indústria privada e expandir as opções dos Estados Unidos para transportar astronautas à ISS.

Desafios e Tentativas Anteriores

O caminho até este lançamento bem-sucedido foi marcado por desafios técnicos e várias tentativas abortadas. Problemas anteriores incluíram uma falha na válvula do segundo estágio do foguete Atlas V e um vazamento de hélio no módulo de serviço da espaçonave, o que levou ao cancelamento das tentativas em 6 de maio e 1º de junho.

Durante a contagem regressiva de 1º de junho, uma parada automática foi acionada por uma discrepância na comunicação entre os computadores responsáveis por controlar o lançamento. Esse problema foi posteriormente identificado e solucionado, permitindo que a equipe avançasse com a missão.

Futuro da Starliner e Considerações Finais

Com a conclusão bem-sucedida desta missão tripulada, a Starliner está mais próxima de receber a certificação final da Nasa. A aprovação permitirá que a espaçonave participe regularmente das missões de transporte de tripulantes à ISS, oferecendo uma alternativa robusta e confiável dentro do Programa Comercial de Tripulação da Nasa.

A Boeing e seus parceiros, como a United Launch Alliance, continuam a monitorar e ajustar seus sistemas para garantir a segurança e eficácia de futuros lançamentos, contribuindo significativamente para os avanços na exploração espacial e colaboração internacional em missões espaciais.

Últimas Notícias
Últimas Notícias