Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Fashionistas recriam bolsa em versão microscópica menor que um grão de sal

Imagem: Divulgação/MSCHF
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O coletivo de arte MSCHF, conhecido por suas “Big Red Boots”, está lançando um novo item que promete chamar a atenção. Trata-se da “Microscopic Handbag” (“Bolsa de Mão Microscópica”, em tradução livre), uma bolsa de luxo tão pequena que só pode ser apreciada através de um microscópio. Essa peça é uma recriação em tamanho microscópico da clássica “tote bag On The Go” da famosa marca Louis Vuitton.

Com dimensões de 657 x 222 x 700 micrômetros, essa bolsa é menor do que um grão de sal e pode passar pelo buraco de uma agulha de costura. Visto a distância, parece apenas um ponto fluorescente verde, mas ao observá-la com uma lente de aumento, é possível notar as alças translúcidas e o monograma fielmente reproduzido.

Os artistas responsáveis ​​pela criação explicam que escolheram o modelo da Louis Vuitton devido à sua simplicidade de forma, que facilita a reprodução em tamanho microscópico. A cor vibrante e o nível de transparência foram pensados ​​para torná-la visível sob a luz das lentes.

Kevin Wiesner, diretor criativo da MSCHF, afirmou que essa peça foi criada como uma crítica à indústria da moda e à tendência de bolsas cada vez menores, perdendo sua funcionalidade em prol da aparência. A versão em miniatura é uma forma de levar essa tendência ao extremo, removendo completamente a utilidade da bolsa, restando apenas o logotipo.

A MSCHF entrou em contato com um campo de ciência da biotecnologia para confeccionar a bolsa, embora muitos especialistas tenham recusado o pedido devido à diferença de produção. A bolsa é feita de resina, utilizando um processo de polimerização por absorção de dois fótons, semelhante à impressão 3D para objetos microscópicos.

A mini bolsa será leiloada ainda neste mês no evento “Just Phriends”, organizada pela casa de leilões de Pharrell Williams, o novo diretor criativo da linha masculina da Louis Vuitton. Embora não haja nenhuma parceria com a marca francesa, Kevin afirmou que não pediu permissão para utilizar o logotipo ou o design da Louis Vuitton, seguindo o lema de “pedir perdão, não permissão”. Ele provocou dizendo que como Pharrell é conhecido por seus grandes chapéus, eles fizeram uma bolsa incrivelmente pequena para ele.

Reprodução/MSCHF/Instagram

Últimas Notícias
Últimas Notícias