Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Faustão agradece doador de coração em vídeo

Foto: Reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Apresentador recebeu órgão de homem de 35 anos que morreu em acidente vascular cerebral

O apresentador Fausto Silva agradeceu publicamente o doador do coração que recebeu no último fim de semana. Em um vídeo publicado na quarta-feira (31), Faustão aparece sentado em uma cadeira, visivelmente mais magro, e conectado a diversos equipamentos, que monitoram a aceitação do corpo ao novo coração.

No vídeo, Faustão agradece ao pai do doador, José Pereira da Silva, por sua “generosidade absurda”. “Eu fico emocionado, porque me deixou a chance de viver de novo”, disse o apresentador.

O doador, Fábio Cordeiro da Silva, tinha 35 anos e morava no litoral paulista. Ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) enquanto trabalhava como azulejista em Santos, no dia 23 de agosto. A morte cerebral foi confirmada no dia seguinte, e a família autorizou a doação dos órgãos.

Apesar da profissão, Silva era mais conhecido por sua atuação no futebol amador. Chamado de Esquerdinha, por ser canhoto, atuou em clubes de Praia Grande, Itanhaém e São Vicente.

Faustão também agradeceu à viúva do doador, Jaqueline, e ao irmão, Érisson. O apresentador disse que quer encontrar pessoalmente com a família de Esquerdinha.

Informação sigilosa

Apesar de Faustão ter falado o nome do doador, essa não é uma prática comum na doação de órgãos, segundo a lei brasileira. A própria Secretaria de Estado da Saúde não pode confirmar se Esquerdinha foi o doador, pois essa é uma informação sigilosa.

O único relato passado pela pasta foi de que, após a disponibilização do coração, o sistema selecionou 12 pacientes que atendiam aos requisitos para o transplante. Destes, quatro tinham prioridade. Faustão ocupava a segunda posição nesta lista e recebeu o órgão depois de a equipe do paciente que estava em primeiro lugar na lista de prioridade recusar o órgão por incompatibilidade.

Foto: Reprodução Instagram

Últimas Notícias
Últimas Notícias