Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Fenômeno raro tinge o céu de Salvador com tons amarelados

Céu em tons amarelados; fenômeno foi registrado em Samambaia — Foto: Arquivo pessoal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Durante a tarde desta sexta-feira (10), os moradores de Salvador foram surpreendidos por uma mudança incomum no céu da cidade, que adquiriu tonalidades amareladas. O fenômeno, mais comumente observado em grandes centros urbanos distantes do litoral, como São Paulo, é atribuído à concentração de poluentes no ar.

A estudante de medicina Nathália Freitas relatou sua experiência ao observar o céu amarelado de sua varanda. “Eu nunca tinha visto isso antes, foi um amarelo muito forte que tomou tudo. Até tentei tirar foto, mas meu celular não conseguia pegar a cor”, disse.

De acordo com a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Andrea Ramos, a coloração amarela é resultado da presença de poluentes em suspensão na atmosfera, os quais, sob a incidência da radiação solar, refletem a luz de forma característica.

“A quantidade de poluentes, provenientes do trânsito e das queimadas, permanece em suspensão no ar. Isso faz com que os raios solares emitam esse tom de amarelo, alaranjado, comum em situações de alta concentração de poluentes ou incêndios próximos”, explicou Ramos.

O meteorologista Laurizio Alves acrescentou que aerossóis de poluição, fuligem e material particulado de combustíveis fósseis, como carros e caminhões, podem ter contribuído para a mudança na cor do céu. Ele ressaltou a raridade do fenômeno na região, especialmente por se tratar de uma cidade litorânea.

O inusitado fenômeno gerou comparações nas redes sociais, com alguns moradores fazendo analogias com a representação cinematográfica de países latino-americanos, especialmente em filmes que retratam futuros distópicos em desertos, como “Duna” e “Mad Max”.

Crédito: Arquivo Pessoal

Últimas Notícias
Últimas Notícias