Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Fóssil de tartaruga marinha de cabeça gigante é o mais completo já encontrado

Imagem: Divulgação/Universidade de Tübingen
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, descobriram o fóssil mais completo de uma tartaruga marinha jurássica de cabeça gigante já encontrado. O fóssil, que data de cerca de 150 milhões de anos atrás, foi encontrado em uma pedreira de calcário no sudeste da Alemanha.

A tartaruga, chamada Solnhofia parsonsi, media cerca de 30 centímetros de comprimento e tinha uma cabeça relativamente grande. Os membros da tartaruga eram mais atarracados do que os das tartarugas marinhas modernas, o que sugere que ela nadou em águas costeiras e não em mar aberto.

O fóssil é o primeiro que preserva o crânio, o casco completo e também os quatro membros completos de S. parsonsi. Isso fornece aos cientistas uma visão sem precedentes da anatomia e do estilo de vida desta tartaruga antiga.

O local onde o fóssil foi encontrado é conhecido por seus ricos e diversos fósseis marinhos. A pedreira já rendeu muitos exemplos de animais e plantas marinhas, bem como fósseis de dinossauros terrestres e pterossauros.

Os cientistas acreditam que o fóssil de S. parsonsi fornece uma valiosa janela para o ecossistema costeiro do Jurássico Superior. Eles estão particularmente interessados em reconstruir o ecossistema como um todo para mostrar a diversidade e como ele funcionava.

A descoberta do fóssil de S. parsonsi é um marco importante para a paleontologia. É o fóssil mais completo de uma tartaruga marinha jurássica já encontrado e fornece aos cientistas uma visão sem precedentes da anatomia e do estilo de vida desta tartaruga antiga.

Imagem: Divulgação/Universidade de Tübingen

Últimas Notícias
Últimas Notícias