Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Gkay causa polêmica com sandálias metalizadas de design irreverente

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Gkay adicionou mais uma “moda” polêmica ao seu histórico. Desta vez, uma influenciadora surgiu nas redes sociais usando um par de sandálias metalizadas com recortes e “cordas” da estilista Ying Ou. O design, um tanto irreverente para seus seguidores, gerou diversos comentários.

O post feito na quarta-feira (10), com várias fotos e vídeos, já havia recebido 242 mil curtidas e mais de 3.500 comentários na manhã seguinte. Enquanto alguns internautas consideraram o estilo “inusitado”, outros elogiaram a escolha.

“Eu tenho dificuldade em acreditar que alguém rico acha essas sandálias bonitas”, questionou uma seguidora, enquanto outras dúvidas sobre a ergonomia do calçado: “Parece que a sandália é um transformador! Como alguém consegue andar com isso?”.

No entanto, a maioria dos comentários direcionados à influenciadora foram positivos, como: “Você está cada vez mais bonita” e “Ela não tem medo de ousar na moda”.

Em 2022, Gkay também se tornou o centro das atenções durante uma polêmica envolvendo a marca Balenciaga, que foi acusada de sexualização infantil. A influenciadora possuía várias peças da marca, incluindo uma bolsa com formato de pombo.

Quanto ao design das sandálias, elas foram criadas pela estilista Ying Ou, que gosta de “explorar o corpo humano, sua forma e necessidades emocionais”. Segundo ela, isso resulta em uma estética pessoal de “sensualidade” e “sensibilidade escultural”.

O design que causa choque entre os internautas brasileiros faz parte de sua coleção “Awakening” (Despertar, em tradução literal). Na página de apresentação, Ying descreve as peças como uma “interação inconsciente e surpreendente entre objetos óbvios que perderam sua conexão com o espaço público, como graus ou corrimãos, e o corpo, experimentando diferentes sensações do espaço mental”.

Ela conclui afirmando que a “distorção e a deformação exagerada” servem para expressar e exteriorizar emoções.

Fotos: Reprodução / Instagram

Últimas Notícias
Últimas Notícias