Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Homem que varria tapete vermelho de Cannes estreia como cineasta no festival

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

A trajetória inspiradora de David Hertzog Dessites

David Hertzog Dessites, um homem que um dia varria o tapete vermelho do Festival de Cannes, agora tem sua própria história para contar nas telonas. Aos 20 anos, ele estabeleceu um objetivo que parecia inatingível para muitos: tornar-se cineasta. Hoje, David prova que sonhos podem se realizar ao estrear seu documentário no festival.

Uma Jornada de Determinação

Lançando “Il était une fois Michel Legrand” (Era uma vez Michel Legrand), um documentário sobre o famoso músico francês, David relembra os desafios que enfrentou para chegar até aqui. Desde os dias em que usava o uniforme de varredor até o momento em que segurava sua própria produção, ele reflete sobre a jornada que o levou ao tapete vermelho.

Da Dor à Determinação

Após perder sua mãe para o câncer aos 20 anos, David começou a trabalhar como varredor em Cannes. Transformando sua dor em combustível, ele comprou uma câmera e começou a filmar, aprendendo autodidaticamente. Sua paixão pelo cinema o levou a registrar as primeiras cenas de um documentário amador nos Estados Unidos, capturando a empolgação dos fãs de “Star Wars” na estreia de “A Ameaça Fantasma”.

O Caminho até a Estreia

Com determinação, David gradualmente aprimorou suas habilidades, entrando clandestinamente nas salas de exibição do Palais des Festivals e se apaixonando ainda mais pela sétima arte. Sua inspiração para o documentário atual veio da mãe, cuja relação com a música de Michel Legrand marcou sua infância.

O Legado de Michel Legrand

O documentário de David celebra a vida e a carreira do lendário compositor Michel Legrand, oferecendo um vislumbre dos últimos anos do músico. Da trilha sonora de “Os Guarda-Chuvas do Amor” à gravidez da mãe de David, a conexão emocional com a música de Legrand tornou esse projeto uma jornada pessoal e significativa para o cineasta.

Uma Estreia Inesquecível

A jornada de David, do tapete vermelho à direção de cinema, é um lembrete inspirador de que os sonhos podem se tornar realidade com determinação e paixão. Sua estreia no Festival de Cannes é não apenas uma realização pessoal, mas também um testemunho do poder da perseverança e do amor pela arte cinematográfica.

foto: Reprodução/Instagram @drector_27

Foto: Reprodução

Últimas Notícias
Últimas Notícias