Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Jogos de Paris em alerta máximo: ameaças cibernéticas exigem medidas sem precedentes

Foto: Christophe Simon/AFP
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Organização dos Jogos Olímpicos de 2024 se prepara para um cenário de ataques cibernéticos jamais visto, com hackers éticos, inteligência artificial e colaboração internacional para garantir a segurança dos Jogos.

A menos de três meses da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Paris 2024, a organização dos Jogos e as autoridades francesas estão tomando medidas robustas para enfrentar um desafio sem precedentes: a crescente ameaça de ataques cibernéticos. Especialistas alertam que os Jogos, que receberão milhões de visitantes e atletas de todo o mundo, são um alvo principal para grupos criminosos, ativistas e até mesmo governos hostis.

Crime organizado, ativistas e estados na mira:

  • Crime organizado: Grupos criminosos podem visar infraestrutura crítica, dados confidenciais ou até mesmo realizar ataques de ransomware para extorquir dinheiro da organização dos Jogos.
  • Ativistas: Ativistas podem usar os Jogos como plataforma para promover suas causas, lançando ataques cibernéticos contra sites ou sistemas dos Jogos.
  • Estados: Governos de países com agendas hostis à França ou aos Jogos Olímpicos podem realizar ataques cibernéticos para causar interrupções, roubar informações confidenciais ou até mesmo sabotar a infraestrutura crítica.

Medidas de segurança reforçadas:

Cientes da gravidade da ameaça, a organização dos Jogos de Paris 2024, em conjunto com a agência nacional francesa de segurança da informação (ANSSI) e empresas de segurança cibernética como Cisco e Eviden, está implementando um conjunto abrangente de medidas de segurança:

  • Testes de penetração: “Hackers éticos” pagos estão sendo contratados para testar os sistemas da organização dos Jogos, buscando vulnerabilidades que possam ser exploradas por invasores mal-intencionados.
  • Inteligência artificial: A IA está sendo utilizada para analisar grandes volumes de dados e identificar padrões que podem indicar atividades cibernéticas maliciosas.
  • Centro de operações de segurança cibernética: Um centro de operações de segurança cibernético de última geração foi instalado para monitorar e responder a qualquer incidente cibernético em tempo real.
  • Cooperação internacional: A organização dos Jogos está colaborando com agências de segurança de todo o mundo para compartilhar inteligência e coordenar as respostas aos ataques cibernéticos.

Desafios e expectativas:

Apesar das medidas robustas, os especialistas alertam que é impossível garantir a segurança total contra ataques cibernéticos. O objetivo principal é minimizar o impacto de qualquer ataque e garantir que os Jogos Olímpicos transcorram sem maiores interrupções.

Segurança sem precedentes:

Embora os Jogos Olímpicos anteriores também tenham sido alvos de ataques cibernéticos, a escala e a sofisticação das ameaças em 2024 são consideradas sem precedentes. A combinação de um cenário geopolítico instável, a crescente interconectividade dos sistemas e a grande quantidade de dados valiosos que serão armazenados durante os Jogos tornam os Jogos de Paris um alvo particularmente atraente para os cibercriminosos.

Ações conjuntas para um evento seguro:

O compromisso da organização dos Jogos de Paris 2024 com a segurança cibernética é evidente nas medidas abrangentes que estão sendo tomadas. A colaboração com especialistas em segurança, o uso de tecnologia de ponta e a cooperação internacional são elementos essenciais para garantir a segurança dos Jogos e proteger os atletas, visitantes e infraestrutura crítica.

Ainda há incertezas sobre quem serão os autores dos ataques e quais serão suas motivações. As autoridades francesas pedem cautela e vigilância, e esperam que a combinação de medidas preventivas e capacidade de resposta rápida seja suficiente para deter os cibercriminosos e garantir a realização de Jogos Olímpicos seguros e memoráveis em Paris.

Foto: Reuters

Últimas Notícias
Últimas Notícias