Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Mães revelam maus-tratos e abusos em concurso de beleza Miss EUA

Foto: Reprodução/Instagram
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Renúncias das Titulares Geram Revelações Chocantes sobre Ambiente Tóxico e Assédio

Após a renúncia surpreendente das filhas aos títulos de Miss EUA e Miss Teen EUA, as mães de Noelia Voigt e UmaSofia Srivastava rompem o silêncio, denunciando uma série de abusos e intimidações nos bastidores dos concursos. As jovens, ainda vinculadas por acordos de sigilo, não podem falar, e as mães falam em nome delas.

Barbara Srivastava, mãe de UmaSofia, descreveu a experiência de sua filha como um “pesadelo”, e Jackeline Voigt, mãe de Noelia, relatou um ambiente de trabalho tóxico e casos de assédio. As mães afirmam que as titulares foram maltratadas, abusadas e intimidadas durante seus reinados.

Noelia Voigt revelou em sua carta de demissão uma série de acusações contra a CEO da Miss EUA, Laylah Rose, incluindo um ambiente de trabalho repleto de bullying e assédio. Sua mãe testemunhou o momento em que Noelia foi assediada em Sarasota, Flórida, durante um evento.

Apesar das denúncias, a Organização Miss Universo e a Miss EUA não responderam aos pedidos de comentários. Enquanto isso, as mães alertam potenciais participantes sobre se envolverem com o Miss EUA, e a coroação do Miss Teen USA permanece incerta.

A vice-campeã do Miss EUA, Savannah Gankiewicz, está programada para ser coroada na quarta-feira (15), mas a coroação do Miss Teen USA está em suspenso. A mensagem das mães é clara: a verdade precisa ser ouvida antes de mais jovens serem expostas a situações similares.

Foto: © Rob Kim/Getty Images

Últimas Notícias
Últimas Notícias