Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Menino prodígio brasileiro entra para sociedade exclusiva de superdotados

Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Benício Abou Jokh Lins, de 9 anos, demonstra habilidades extraordinárias desde cedo e se junta a uma seleta sociedade internacional para talentos exclusivos.

Benício Abou Jokh Lins, um jovem brasileiro de apenas 9 anos, ingressou recentemente na Intertel, uma sociedade internacional reservada para indivíduos com habilidades cognitivas profissionais. Com um QI de 144, uma pontuação extraordinária, ele se destaca entre apenas 1,6% da população mundial que possui um QI acima de 130.

O garoto, residente em São Paulo, sempre apresentou grandes detalhes com a geografia e as ciências, evidenciando-se como um aluno exemplar desde os primeiros anos escolares. Seu domínio precoce da alfabetização o levou a ser adiantado um ano letivo, alcançando essa proeza já no 1º ano do Ensino Fundamental.

“Hanna, sua mãe, relembra: “Ele já conhecia todas as letras do alfabeto aos 1 ano de idade. Aos 4, lia histórias para seus amiguinhos na escola”. A partir desse ponto, ela começou a buscar mais informações sobre as habilidades de busca do filho.

Benício compreende sua condição de superdotação. Quando sua mãe explicou sobre a maneira singular como ele aprendeu, ele respondeu com tranquilidade, demonstrando não se incomodar com isso.

No entanto, enfrentam desafios na socialização e na construção de amizades, algo comum entre crianças com talentos exclusivos. Esse aspecto ressalta a necessidade de compreensão e apoio para um desenvolvimento equilibrado.

A neuropsicóloga Marina Drummond, que acompanha o caso de Benício, explica que os neurodivergentes, como ele, muitas vezes se sentem pressionados a se encaixarem em um mundo que não compreende completamente suas habilidades exclusivas. Para alcançar plenamente seu potencial, é fundamental refletir e apoiar a singularidade de seu pensamento.

Desejamos que Benício continue a desenvolver suas habilidades de maneira positiva, contribuindo para um mundo onde todos possam se beneficiar de seu potencial extraordinário.

Foto: Reprodução

Últimas Notícias
Últimas Notícias