Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Sobe a expectativa de vida do brasileiro: novos dados do IBGE revelam avanço

Foto: Kaique Rocha/Pexels
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou um novo levantamento que aponta um aumento na expectativa de vida do brasileiro, alcançando 75,5 anos em 2022. Esse valor registra um acréscimo de 4,2 anos em comparação com o ano anterior.

O estudo é revelado ao refletir os impactos da pandemia de COVID-19. Em 2020, quando o cenário pandêmico teve início, a expectativa de vida declinou de 76,2 para 74,8 anos. No ano seguinte, houve outro decréscimo, chegando a 72,8.

Gênero e Expectativa de Vida

Analisando por gênero, em 2021, a expectativa de vida para homens estava em 73,6 anos. No ano seguinte, essa média significativa para 72 anos. Já para as mulheres, a expectativa era de 80,5 anos em 2021, alcançando 79 anos em 2022.

Significado da Expectativa de Vida

A expectativa de vida representa a média do tempo que se espera que as pessoas vivam. Em outras palavras, é uma estimativa média de vida com base nos níveis de mortalidade da população em determinado período.

Essa projeção leva em conta uma série de fatores, como saúde, condições de vida e avanços médicos ao longo do tempo.

Tábuas de Mortalidade e suas Implicações

Os dados são calculados por meio das Tábuas de Mortalidade, um estudo realizado pelo IBGE após o Censo Demográfico e a disponibilização de novas informações sobre óbitos.

Essas estatísticas são relevantes para calcular aspectos como o fator previdenciário, determinante para definir os valores de aposentadoria. Além disso, orientamos políticas públicas para a mudança do bem-estar coletivo.

Projeção de Crescimento

Em 1940, a expectativa de vida do brasileiro era de 45,5 anos. Nas últimas oito décadas, houve um aumento de quase 30 pontos nesse indicador. A tendência é que esse número continue crescendo nos próximos anos.

O desafio, como comentado de forma descontraída nas redes sociais, parece ser do INSS! (rs)

Foto: Reprodução

Últimas Notícias
Últimas Notícias