Revista Nova Imagem - Portal de Notícias

Nos acompanhe pelas redes sociais

Uso excessivo de celular pode causar lesões nas mãos, alerta ortopedista

Foto: Reprodução Internet
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Especialista sobre os riscos de abuso prolongado de dispositivos móveis e suas consequências para a saúde

O ortopedista Leonardo Kurebayashi ressalta os perigos associados ao uso excessivo de celulares, tablets e computadores, alertando sobre os possíveis impactos negativos na saúde das mãos. Em entrevista à CNN Rádio, ele acordou que o abuso se caracteriza por mais de 4 horas de uso ao longo do dia ou mais de 1 hora de uso contínuo.

O Brasil se destaca como o segundo país com maior número de pessoas dedicando tempo específico diante das telas, uma tendência que preocupa o especialista. Ele destaca que o abuso nessa prática pode acarretar não apenas problemas de saúde mental, mas também físicos.

O movimento repetitivo de “pinça” com o inquérito, comum durante o uso excessivo de dispositivos móveis, é apontado como um fator de risco para condições como a rizartrose, que pode levar à degeneração precoce das articulações.

O ortopedista observa um aumento significativo de pacientes reclamando de dores e desconfortos na base do questionário, além de sensações como queimação e latejamento. Esses sintomas são frequentemente associados ao apoio do dedinho durante a utilização do celular ou para jogar.

Kurebayashi destaca que cada caso deve ser avaliado individualmente. Em muitos casos, a redução do uso excessivo já proporciona melhorias significativas, além de tratamentos conservadores que incluem fisioterapia, acupuntura e medicação.

Entretanto, nos avanços mais avançados, as cirurgias podem ser oportunas para tratar essas condições. Este alerta reforça a importância de um equilíbrio saudável no uso de dispositivos móveis para prevenir problemas futuros nas mãos dos usuários.

Foto: Reprodução Internet

Fotne: CNN Brasil

Últimas Notícias
Últimas Notícias